“R.A.P.”, Rashid

#video

Quem nunca quis ter acesso ao processo criativo de seu MC favorito? E sua preparação para um grande show ou a ida até o estúdio pra gravar a rima naquele beat nervoso? É exatamente essa vivência que o MC Rashid nos entrega no clipe de “R.A.P.”, lançado nesta quarta-feira.

Com direção de Bruno Cons, conhecido pelos clipes de AXL, o clipe serve para coroar uma das músicas mais pesadas e que serve de declaração de amor ao rap, como o próprio Rashid pontuou, na melhor pegada clipe com cara “bem rap”. Aí só quem é pra entender…

Agora leia o que Rashid  nos disse sobre o processo do clipe de “R.A.P.”:

Per Raps: Todo MC e grupo de rap que se preze têm um videoclipe de bastidores do seu dia a dia. Por que você acha que esse é o momento de ter um desses vídeos?

Rashid: Acho bem loko! Eu tento ter um olhar de fã pra certas coisas, porque sou fãs de vários artistas, e sei que fã gosta de ver o que rola nos bastidores dos shows, estúdio, essas coisas. É uma forma de trazer o público pra mais perto de mim. Além de mostrar como as coisas funcionam, mesmo que seja só por uns minutos, as pessoas podem ter noção e talvez até a sensação de estar no estúdio comigo, ou estar em cima do palco.

Per Raps: A correria do “R.A.P.”, que você fala no clipe, tem a ver com as imagens dele: idas e vindas, shows, gravações, parcerias etc?

Rashid: Sem dúvida. É praticamente “Um dia com Rashid”! rsrs A gente conduz a pessoa que tá assistindo pelo processo de criação de uma canção, e depois levamos a mesma até o show onde a música tá sendo cantada. Rolou sem querer, quando percebemos, era a reprodução do dia-a-dia da maioria dos MCs.

Per Raps: A sua performance no novo clipe mostra um amadurecimento na frente das câmeras. Qual a diferença do Rashid do clipe “Vou Ser Mais” para o de “R.A.P.”?

Rashid: Me senti mais a vontade, até porque tenho encarado várias câmeras, de diferentes tipos, canais, programas, intenções etc… Então, acabei ficando mais tranquilo com essa parada de ser filmado. “Vou Ser Mais” é um grande trabalho também, gosto muito desse vídeo dirigido pelo Toddy Ivon (“Vou Ser Mais” – 2011).

Per Raps: Por que você escolheu “R.A.P.” para ter um clipe?

Rashid: Essa música soa como uma declaração de amor ao rap. É o meu discurso para mostrar o que esse movimento vem fazendo na vida de muita gente, há muito tempo. Olhar para o agora, enxergar esse ótimo momento do rap no Brasil e poder fazer parte, com certeza influenciou demais na escolha dessa faixa para ser o segundo vídeo de Que Assim Seja.

Per Raps: Você já trabalhou com Toddy Ivon e Pedro Gomes na direção de seus videoclipes. Como surgiu a ideia, o roteiro e a direção de Bruno Cons?

Rashid: Quando pensei em trabalhar com ele, logo veio a música “R.A.P” na cabeça. Acho que tem a ver com o estilo que ele tem mostrado nos vídeos que produziu pro AXL e Mattenie. Ele tem um lance especial na hora da edição e dá uma movimentação da hora pro vídeo. E essa faixa pedia uma coisa assim, “bem rap” mesmo, como a gente costuma dizer.

Per Raps: Na sua opinião, o videoclipe é uma forma do MC retratar um pouco do que ele pensou em passar com determinada música, já que, no final das contas, cada um entende o som de acordo com sua vivência e momento?

Rashid: A imagem reforça as palavras, sem dúvida. A parada mais loka da arte, é o fato de cada um entender do seu jeito, da forma que sentiu. Mas você traduzindo o que você sentiu na hora de compor, pra imagens, numa sequência, como um filme, ajuda a pessoa a sentir a mesma coisa que o artista na hora da criação. Sem distorção. Espero que todos possam entender mais da música, e talvez até se apaixonar mais pelo rap, essa é a intenção!