Temos que (voltar a) falar sobre música

Depois de um hiato, voltamos para compartilhar as músicas que não saem de nossos players em uma lista no Spotify que reúne artistas plurais e de diversas partes do mundo

image

Salvê! Faz um tempo que a gente anda parado, mas isso não quer dizer que nossa equipe não esteja de olho em tudo que acontece, principalmente quando o assunto é música. E para nossa felicidade, o time do Per Raps só cresce, mesmo no marasmo.


A Savana Azolini (@savana_azolini), uma das nossas integrantes, que é jornalista e data analyst, reuniu o que de mais legal todos nós estamos ouvindo mesclado com alguns dos lançamentos mais quentes dos últimos dias em uma playlist pesada.

A proposta é que, de tempos em tempos, você encontre nessa mesma lista tudo o que de mais legal estamos ouvindo, organizadinho no Spotify com músicas de gêneros diversos e de diferentes pontos do globo, tendo foco maior na música negra e no rap.

Nessa primeira, não teve como não dar a coroa para K Dot, mas seguramos a onda e destacamos apenas três das nossas músicas favoritas do belíssimo álbum Damn: “DNA”, uma porrada que abre a playlist te acertando pela mensagem (que explora diferentes pontos de vista da herança negra nos Estados Unidos e que tem um clipe incrível com o ator Don Cheadle) ou pelo grave do beat, na sequência vem “Humble”, que aparece ali pelo meio com a faixa que tem mais chances de agradar gregos e troianos aka fãs das letras mais conscientes de Kendrick Lamar e fãs novos que curtem o rapper por sua influência/flow/impacto na música atual.

Fechando, “Loyalty” traz nossa musa Rihanna e chega fazendo muita gente torcer o nariz, mas que pra nós é uma faixa que revela a pluralidade de K Dot (e de RiRi também, que se você reparar bem, chega cantando numa levada bem diferente dos vocais pop que você conhece), rimando na manha sobre a lealdade que se deve ter seja no amor platônico ou num relacionamento romântico mais concreto. E chega de Damn (por hora)!

A lista tem muito mais e daria pra escrever um livro com tanto artista bom, como dá pra ver em “Money”, música do The New Respects, grupo americano familiar de Nashville que mistura folk com tantas vertentes que mal dá pra identificar; a jovem e já aclamada cantora de Chicago, Jamila Woods, e seu poderoso som “Blk Girl Soldier”, o novo e mítico clipe de “Sango”, do duo Oshun (Brooklyn/NY), e o soul suave de Kadjha Bonet com “Honeycomb”.

Dos EUA vamos para a Inglaterra celebrar o som melódico do 2nd Exit, formado pelos MCs Alfa Mist e Lester Duval, assim como o neo soul e o

alt-R&B

das cantoras NAO, e o seu já hit “Girfriend”, e Wolfie, que chama seu crush de “Obi Wan” na faixa com o mesmo nome, abrindo as portas pra que você ouça o belo EP 8 Ball.

Da Inglaterra, um pulo em Dublin, Irlanda, onde conhecemos o som de Rejjie Snow, “All Around The World”, que em sua letra mistura dois temas que podem parecer como água e óleo, o amor e a morte, e que conta com a produção de Cam O’bi, conhecido por trabalhar com ninguém menos que Chance the Rapper.

Entrando numa vibe mais jazzy, o trompetista japonês Takuya Kuroda (integrante da banda do cantor José James e que lançou um disco pela Blue Note, selo clássico de jazz que revelou nomes como John Coltrane e Herbie Hancock) mostra seu talento na faixa instrumental “I Don’t Remember How It Began” e precede a música mais difícil de descrever dessa playlist, “Truth”, do saxofonista e prodígio do jazz atual, Kamasi Washington, lançada como EP e junto de um clipe que provavelmente te fará chorar por tamanha beleza.

Não deixe de dar uma bela ouvida em outros nomes da efervescente cena jazz de LA que estão espalhados pela playlist: Cameron Graves, Ronald Brurner, Jr. (irmão do baixista Thundercat) e Miles Mosley.

Agora dê o play, siga nosso perfil e essa lista para poder ouvir sempre que quiser e, caso tenha vontade de continuar a conversa, basta chamar a gente no perfil de Twitter do @per_raps. Lá a gente pode continuar falando dos nomes que destacamos e sobre os sons escolhidos sem hora pra terminar. Daqui mais ou menos 15 dias, se tudo der certo, a gente te traz uma nova seleção musical com novidades e sons das antigas que descobrimos em nossas pesquisas. 

Boa viagem musical!

MAIS:
Playlist: Dia da Consciência Negra
Playlist pra celebrar o melhor do De La Soul