Termina 2011. Ao contrário do que muitos acharam, foi um belo ano para o rap do Brasil. Talvez não como um todo, mas de um jeito que permitiu que a semente fosse espalhada por um terreno fértil, mas não tão bem aproveitado (por ‘n’ motivos como portas fechadas, mentalidade conservadora etc). Destaques individuais e coletivos, masculinos e femininos, em áudio ou em video fizeram o rap um pouco mais forte do que ele já era. E quanto mais forte a base permaneça, mais promissor serão os próximos dias do ritmo e poesia feitos no Brasil.

Assim como disseram no passado, se o espaço não for dado ao rap, o rap chega e ‘toma’ o espaço, na base do talento!

Obrigado, 2011. Que venha 2012!

“Mantenha a calma e ouça Hip Hop”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 1 =