NehruvianDOOM e mais 5 grandes capas desenhadas do rap

image

– por Guilherme Bacellar

Finalmente foi lançado o tão esperado – e excelente – novo disco do Doom (MF Doom, King Geedorah, Viktor Vaughn, entre outros nomes). Depois de excepcionais parcerias com Madlib (sob pseudônimo de Madvillain, 2004), Danger Mouse (sob pseudônimo de DangerDOOM, 2005) e com Jneiro Jarel (sob pseudônimo de JJ DOOM, 2012), o rapper e produtor se juntou com Bishop Nehru pra lançar mais uma pedra e confirmar que, no quesito direção de arte, ele nunca dá ponto sem nó.

image

Ainda personificando um pseudo-super vilão, baseado no Dr. Destino, da Marvel, Doom tem agora 4 braços e parece estar mostrando que há um lugar perfeito para o jovem companheiro, Nehru, longe das crueldades do mundo. A capa do disco segue a pegada existencialista das músicas, falando sobre meditação e da sensação de plenitude. O responsável pela obra foi o ilustrador Ghostshrimp, que foi um dos grandes responsáveis pela criação do universo de A Hora da Aventura, do Cartoon Network. Ou seja, um gênio.

TOP 5
Depois de muita pesquisa e discussão, listamos cinco capas incríveis de discos de rap que foram desenhadas. Se liga:

De La Soul – Is Dead (1991)

image

Depois de ficarem famosos por serem hippies amantes da paz, o jeito foi se suicidar. Com o forte desenho de Joseph Buckingham, o grupo provou seu ponto e mostrou que não é tão fofinho assim.

Beastie Boys – Licensed To ill (1986)

image

Desde o primeiro disco, desde o primeiro verso, Beastie Boys é muita zoeira. Com a fama de Hipster Rap, a banda mostra em Licensed to ill, seu logo aplicado num avião brilhante, meio militar, linkando sua imagem diretamente á fama que lhes colocaram. A ironia aparece quando se vê o verso do álbum e o avião está batido de frente numa montanha. A cereja do bolo são os números escritos no avião que, ao serem lidos de cabeça para baixo, mostram as palavras EAT ME.

Schooly D – Schooly D (1986)

image

Além de se auto-produzir, criar seu próprio selo para lançar seu próprio disco, o primeiro gangsta da Filadélfia também pegou a caneta e desenhou sua própria capa. Com essa cara de desenho de escola, personagens com o blockhead  característico de philly, a capa ainda conta com uns diálogos e digressões do cantor. Gênio!

Snoop Doggy Dogg – Doggy Style (1993)

image

Em um dos primeiros álbums que entraram para a série dos ‘mais aguardados do rap’, Snoop desencanou de chamar algum profissional e chamou seu primo Darryl “Joe Cool” Daniels para fazer essa pérola. Hilário e tosco, o desenho é uma das capas mais icônicas da história do hip-hop.

A Tribe Called Quest – The Low End Theory (1991)

image

A modelo invisível pintada e fotografada se tornou ícone do estilo, sendo repetida no futuro até pela própria banda mais tarde. As formas e as cores dão a cara sensual e africana, que refletem diretamente no estilo jazzy pesadão que o grupo traz em seu dna. Lindo demais!