História do soul e funk de Seattle ganha mais um capítulo importante

image

por Raphael Morone

Desde Wheedle’s Groove, documentário sobre a cena soul e funk de Seattle, o selo Light in the Attic não parou e continua a garimpar. Já está em pre-order mais um volume da coletânea que leva o mesmo nome do filme. Dando continuidade a história, agora é a vez do modern soul e boogie, sonoridades que ficaram em evidência a partir do meio da década de 70 até o final dos anos 80. Composta de 18 faixas que variam do funk mais cheio de distorção a boogies de arranjos macios, é também um lançamento comemorativo, afinal, completou-se dez anos desde o primeiro volume da série, que deu as caras em 2004.

Vale ressaltar a importância destas compilações para fazermos o exercício de pensarmos uma Seattle mais plural do que estamos acostumados. O município é o mais importante da região do noroeste pacífico estadunidense pelo seu porto e cosmopolitismo. Pensar em Seattle apenas como meca do rock e descartar o restante é um erro. A cena soul e funk colaborou e colabora demais com a cultura local, com trocas incessantes de influências. Um bom exemplo disso é a canção Love one another, presente na coletânea e com respingos de garage rock. Uma prova do legado incrível deixado para a musica dos Estados Unidos e que finalmente ganha a luz do reconhecimento.