Você percebe a dimensão do sucesso de um beat quando muita gente começa a utilizá-lo em diss(es), versões, freestyles e afins. Um dos últimos beats que fez barulho em 2011 havia sido “Otis”, de Kanye West, do álbum Watch The Trone. Virou 2012 e “Sweet”, de No I.D., presente no novo álbum de Common, The Dreamer, The Believer, se destacou.

Brother Ali, monstro da Rhymesayer, foi lá e mandou a ácida “Sweet (Potato Pie)”, com direito a colagem de um discurso de Barack Obama sobre torta de batatas, tudo isso logo após o lançamento da pedrada “Writer´s Block”, produzida por Jake One. Ok, seu disco novo promete!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =