MC Marechal, para além da música

Nós, enquanto público, por vezes, acabamos por limitar a atuação dos artistas. É o que penso quando vejo as postagens nas redes sociais sobre o Marechal, principalmente com relação ao CD dele.

Sim, eu sei que ele encara com bom humor esse assunto e que muitas vezes ninguém quer ofendê-lo com as postagens sobre o disco, pelo contrário, são fãs que, por tudo que ele apresentou até hoje, aguardam uma grande obra vinda dele. Com relação a isso não há problema. A questão, no entanto, é que há uma equivocada percepção, principalmente da galera mais nova, de que ele só se tornaria alguém a ser respeitado caso soltasse esse trabalho ou lançasse mais faixas. Aliás, a melhor resposta para isso foi feita por ele, através da música “Primeiro de Abril”:

É inquestionável a importância dos trabalhos fechados, que podem ser chamados de álbuns, CDs, Projetos, LPs, discos, EPs, o que quer seja. É o formato que a indústria da música instituiu como mais adequado (mesmo que isso esteja mudando pouco a pouco), mas achar que essa é a única maneira de um artista transmitir o que tem pra dizer é limitá-lo.

A responsabilidade em duas letras

O Marechal é realmente um MC e ele sabe o peso que essas duas letras carregam. A responsabilidade é para além da música e a forma de se transmitir suas ideias pode se dar de diversas maneiras. Algumas que ele encontrou até agora foram:

  • Batalha do Conhecimento:

Idealizado por Marechal, é um formato de batalha de rimas que visa valorizar o conhecimento apresentado pelos participantes das batalhas. Ganha quem consegue demonstrar mais conteúdo no tempo estipulado pelos organizadores (em média, 30 segundos). Inicialmente, ocorria no Museu de Arte do Rio, mas hoje acabou sendo um formato adotado em vários espaços, seguindo a mesma premissa de valorização do conhecimento;

  • Projeto Livrar:

Projeto idealizado em parceria com Janaína Michalski, que consiste em distribuir livros de autores independentes nos shows e palestras do Marechal.

  • #FAZTEUCOD

São reflexões que diariamente o Marechal posta em sua conta no Instagram. Rola algumas indicações de livros e outras dicas também. Vale acompanhar;

  • Independente de Música

Em sua mais recente iniciativa, no canal da VVAR do YouTube, Marecha responde diretamente as pessoas que acompanham seu trabalho. No vlog são apresentadas questões falando sobre dicas de organização, produção musical, entre vários outros assuntos. O conteúdo é semanal e tem sido lançado aos domingos.

Como se pode ver, o compromisso que o Hip-Hop traz àqueles que se encarregam em tê-lo como norte é muito maior do que somente produzir música e é sempre gratificante ver um artista tão relevante pra cena encarar isso com a seriedade que merece. Salve, MC Marechal!